segunda-feira, 18 de junho de 2012

Um movimento de Fé na Vida







Ontem foi a Marcha do Parto em Casa aqui em Porto Alegre, e, como eu já tinha dito, aqui em casa nós marchamos pelo direito de escolha de cada mulher e pela humanização do parto. Nosso filho nasceu no hospital, em um lindo parto humanizado, e nosso sonho é que isso não seja a exceção, mas  a regra. Nosso sonho é que o nascer seja sempre uma experiência linda, para mães, pais e bebês. Nosso sonho é que as mulheres conquistem o direito de escolher onde, como e em que companhia desejam dar à luz seus filhos.
E ontem a Marcha renovou nossas esperanças de realização desse sonho. Pois, como já dizia o filosofo Raulzito:
Sonho que se sonha só
É só um sonho que se sonha só
Mas sonho que se sonha junto é realidade


Preparativos...

As faixas da Luz Materna.




Minha doula Fabi Panassol e eu.
Benjamin, slingado pelo papai, levando a Marcha super a sério...
...e cansado de fazer ativismo.
DSC_7955 Ó nós ali nas fotos da Flor do Sul.


Tudo lindo! (Não sei de quem é a foto. Se você sabe, mande uma mensagem, please!)
E aqui um vídeo bem bacana realizado pelo Dr. Ricardo Herbert Jones, médico obstetra, aqui de Porto Alegre, uma das maiores autoridades brasileiras no tema da Humanização do Parto.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Marcha do Parto em Casa: Nós vamos!



 
Bom, gente, só para resumir, já que muita gente já falou disso: no último domingo, o Fantástico exibiu uma matéria bem bacana sobre parto domiciliar. Nela, o Dr. Jorge Kuhn, um dos ícones da Humanização do Parto no Brasil, aparece defendendo o parto domiciliar e dizendo algo que não devia ser novidade para ninguém, mas que, infelizmente, muitos obstetras ainda parecem ignorar: o parto é um evento fisiológico, natural, não um procedimento cirúrgico. Dessa forma, estando tudo bem com mulher e bebê, o que acontece na grande maioria das vezes, um parto domiciliar pode ser uma ótima escolha. Ele não disse nada demais, não é? Mas foi o que bastou para que sofresse uma represália por parte do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro e fosse denunciado, o que é muito grave.
Em repúdio a essa decisão do Conselho de punir profissionais humanizados, que defendem que o parto é da mulher, e não do médico, e que deve acontecer onde e com quem ela escolher, é que vai acontecer neste final de semana, em várias cidades do Brasil, incluindo nossa Porto Alegre, A Marcha do Parto em Casa.
Nós, aqui de casa, vamos participar. Não tive parto domiciliar. Tive um lindo, maravilhoso e humanizado parto hospitalar. E foi tudo do jeito que eu quis, com a presença de quem eu quis, na posição que eu escolhi. E eu penso que esta é a questão aqui: o protagonismo da mulher e seu direito de escolha. E a informação de que, SIM, nós podemos, meninas!
Então, bora lá marchar no domingo, com muita atitude e energia positiva!

Marcha do Parto em Casa em Porto Alegre
Local: Parque Farroupilha (Redenção), Concentração no Monumento ao Expedicionário
Data: 17 de junho, domingo
Horário: 15h
Contato: Maria José Goulart (51) 9123-6136

E para assinar a Carta Aberta em repúdio à punição do Dr. Jorge Kuhn, clique aqui.

domingo, 3 de junho de 2012

Em breve: Maternando dois




Querid@s, tenho uma novidade linda, maravilhosa, beleza pura: estou grávida! Estamos muito felizes, pois queríamos que o Benjamin tivesse um irmão (é tudo de bom ter irmãos, né?) e desejávamos que a diferença de idade entre os dois não fosse muito grande. Então, fechou todas, como se diz por aí... rsrsrs!
Por aqui, muito sono, enjoos, cansaço normal de início de gravidez, mas tudo sob controle. Rola um frio na barriga, é verdade, mas, ao mesmo tempo, temos a certeza de que será tudo maravilhoso! Agora é mergulhar de cabeça nesta nova aventura, já com um pouco de prática, com mais confiança e tranquilidade, mas não com menos emoção! (Que texto mais cheio de exclamações, né? É a felicidade! :-D)
Na semana passada já ouvimos o coraçãozinho de nosso bebezuco, coisa mais querida. Tivemos problemas técnicos com a gravação da ecografia, então não tem nenhuma imagem legível para apresentar para vocês, mas dá para adiantar que ele/ela ainda está na fase "feijãozinho size", bem no comecinho.
Assim, preparem-se: maternidade na veia aqui no blog! (Como se até agora não fosse, né?) Em breve, falaremos muito de gestação, vida de mãe de dois, lactogestação, amamentação em tandem (juntos chegaremos lá!) e outros desafios/delícias da maternagem full-time. Acompanhem!