quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Pequeno dicionário benjaminiano

Nosso Ben anda conversando bastante em "bebenês" e já possuímos um bom elenco de palavras/ tentativas de comunicar-se na língua dos adultos. Entramos em uma fase de profícua produção linguística e de intenso derretimento de mãe. Difícil aguentar esse pintinho super empolgado em conversar com a gente, né?

Aí vão alguns registros do léxico do Benjamin:

ABI - Foi a primeira palavra de nosso pequeno. (Saiu uns bãe/mãe aos 10 meses de idade, mas não pegou, para tristeza desta que vos escreve... snif, snif!) No início era usada para pedir para abrirmos a janela de manhã, quando acordávamos. No momento, tornou-se uma palavra multifuncional: serve para pedir para abrir alguma coisa, para acender a luz, para dar licença, para alcançar um brinquedo...

ABÔ - Boca

ABÓ - Bola

A-CA-BÔ - Quando termina a comida do prato ou quando ele acha que está na hora de terminar a refeição, estende as mãos e diz a-ca-bô. Variação: acabum!  Ver também cabum.

AGUM! - Quando alguém espirra perto dele, ele arremeda com agum!, então temos que dizer "Saúde!"

AÍ - Usada para sinalizar o que ele quer. Aponta para o objeto, brinquedo, comida e diz: !

AU-AU - É o que ele responde quando perguntamos como é que faz o cachorro e é também como se refere ao bichinho.

BEBÊ - Esta ele fala de um jeito muito meigo, coisa mais linda do mundo, bem suave e pausado: "be-bê". No início era somente se referindo a si mesmo. Agora ele também diz referindo-se ao maninho em minha barriga, já que sempre mostro para ele que tenho dois bebês, um fora e outro, por enquanto, dentro da barriga, e à imagens de bebês em geral.

BRUM-BRUM - O som dos carros ou os carros em si.

CABUM - Tudo que cai faz "cabuuuum!" Às vezes, não entendi bem com que lógica, a palavra se mistura com a-ca-bô, gerando o neologismo acabum.

COCÔ - Esta é nova. A gente pergunta: "Tem cocô?" E ele responde: co-cô.

MÃ-MÃ-MÃ -  Forma de chamar a mamãe. Usada somente em casos de tristeza e desespero. (Filhote, fica a dica: dizer ma-mãe não é tão difícil assim... Brincadeirinha!)

PAPÁ - Às vezes usado para se referir à comida, às vezes para chamar o papai.

POTÓ - É o que ele responde quando perguntamos como é que faz o cavalo e é também como se refere ao animal.

PUM - Quando ele solta um pum, dá um sorriso e avisa: pum! (Flor de educação! hahaha!)

TATE - A tate é aquela amiga que nunca pode faltar para nosso Ben, a teta. Ele vem se rindo todo e pede: a tateeee.

Um amor tudo isso, né? Essas foram as que me lembrei agora. Se me lembrar de mais, volto aqui e atualizo o post.

Um comentário:

  1. Lindo demais esse post, Aline! Não vejo a hora de passar por tudo isso com a Sophia, imagino que tu também (de novo), mas não tão cedo, com o Gael. Parabéns sempre pelos pimpolhos, eles são lindos!

    ResponderExcluir